Quinta-feira, 27 de Setembro de 2007

Cocker Spaniel Inglês

Cocker filhote de três meses

 

O Cocker é uma raça de cães. o termo Cocker é normalmente usado para se referir ao Cocker Spaniel Inglês, mas existe outra raça de Cocker que é mais comum nos Estados Unidos, o Cocker Spaniel Americano.

 

Temperamento

É um animal dócil e carinhoso, mas ao mesmo tempo carente. Necessita de alguma atenção e dedicação. É muito fiel ao dono e muito inteligente. É uma raça que não se dá bem com as aves, pois quando era do seu lugar de origem, na Inglaterra, era um caçador de aves.

Alguns afirmam que é um cão bravo, mas não é verdade. Depende de como o cão for criado. Como todo o cão, caso for criado sob stress, punições, espancamentos, ele (assim como qualquer outra raça) irá se tornar um cão stressado, podendo ficar bravo e morder outras pessoas e/ou outros animais. Alguns tem mania de morder, mas é so um jeito de brincar com o dono.

 

Cuidados

Cocker dourada dormindo.
Alguns donos e veterinários afirmam que o cocker deve comer uma ração especial, porém provavelmente não é necessário. Basta saber que tipo de alimentos é que se deve dar ao animal para ter uma alimentação equilibrada. As rações, embora aconselhadas pelos veterinários, não são de total confiança. Para saber que tipo de alimentos dar, basta consultar um especialista. E é lógico, não troque a ração a todo momento porque além de deixar as fezes mais pastosas e fedidas não vão garantir um bom desenvolvimento, mesmo sendo boas rações, porque você está sempre a trocar as fontes de proteinas contidas em cada ração.

O Cocker tem o pêlo comprido e, por esta mesma razão pode ser cortado, assim que o dono desejar e, achar conveniente. Há várias maneiras do pêlo ser cortado, e variam de acordo com o gosto do dono. O pêlo deve ser escovado diariamente, por questões de higiene, embora isso não seja necessário para que o mesmo mantenha-se belo.

Outro assunto importante é não deixar que entre água no ouvido do seu cão quando for dar banho. Alguns cães, principalmente desta raça, são propensos à fortes dores de ouvido caso lhes entre água através das orelhas, pois isso pode causar infecções (otite). Caso isto aconteça recomenda-se levá-lo ao veterinário para fazer um tratamento, que consiste em limpeza diária das orelhas e aplicação de antibiótico.

 

Acessórios especiais

Cocker brincando.

Comedouros adequados

 

O cocker tem as orelhas muito compridas e, ao comer num comedouro normal, suja-as. Estes comedouros devem ser um pouco mais altos, e estreitos do que os normais, visto que o focinho do animal é comprido o suficiente para chegar ao fundo do comedouro;

 

Cama grande e aconchegada

 

Embora não seja um cão muito grande, o cocker necessita do seu espaço e de se sentir confortavel no seu ninho, caso contrário, o animal deita-se onde se sentir melhor, como nas camas da casa.

 História

Cocker de pé sobre a grama.
São usados desde a Idade Média na arte da falcoaria, levantando a caça para que o falcão a abatesse no ar. A caça com falcões deixou de ser praticada há muito tempo, porém o cão não perdeu o seu espaço.

O cocker spaniel inglês é um cão pertencente ao grupo dos spaniels. A palavra "cocker" é derivada do nome de uma galinha selvagem (woodcock) muito apreciada no Reino Unido, e que costumava ser o alvo de suas caçadas. O cocker era ideal para a caça dessas galinhas selvagens: pequeno, entrava em lugares que outros spaniels maiores não conseguiriam, não se enroscava tão facilmente nos arbustos baixos e cheios de espinhos que era a habitação das galinholas, além de muito corajoso e disposto para o trabalho. Da época de caçadas também nasceu o costume de se retirar parte de sua cauda: dizia-se que o cocker ao caçar, balançava sua cauda de um lado ao outro com tanto entusiasmo que sacudia os arbustos a sua volta e acabava espantando a caça. Hoje, com a proibição da caça e das cirurgias estéticas em animais, esse costume deixa de fazer sentido.

publicado por mímica às 22:18

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 21 de Setembro de 2007

Descubra como os nove Teckels se comportam em nove itens relevantes ao convívio

Com a família: todos os Teckels são muito afectuosos com as pessoas da casa e, em geral, estão sempre atrás de alguém.
Os exemplares de Pêlo Longo, no entanto, são frequentemente apontados como os mais apegados da turma.
"Gostam de ficar colados em você, enquanto os outros se contentam em estar por perto", compara o criador Paulo Valderramos.

 

Com outros cães e animais: os Teckels não são dos mais problemáticos no que se refere ao relacionamento com outros cachorros.
Há vários testemunhos de bom convívio até entre exemplares do mesmo sexo, inclusive de machos, em geral mais territorialistas e inclinados a brigar do que fêmeas.
No entanto, também há casos de discórdia. Por isso, se a ideia é juntar machos, opte por exemplares de temperamento não muito dominante e faça com que cresçam juntos.
Quanto ao convívio com outros bichos, a regra é acostumar o Teckel a eles desde pequenos. Senão, é provável que os encare como presas.

 

Obediente, ser ou não ser?: vontade própria é o lema. Se a ideia é adquirir um cão que sempre acate a todas as ordens e regras, há opções mais indicadas que os salsichas.
É que, vez ou outra, eles gostam de testar a liderança dos donos, fingindo-se de surdos ou fazendo alguma pirraça.
Companhia constante e boa educação (isso é, impor as normas desde cedo, não mimar em excesso, nem ser rigoroso demais) são as dicas para obter o melhor deles no quesito obediência.

 

Com gente de fora da casa: esses salsichas, em geral, desconfiam de quem não conhecem.
Quase sempre latem para as visitas e dificilmente as festejam de imediato.
Ficam de longe observando-as e, às vezes, passados uns bons minutos, decidem cheirá-las e, quem sabe, até se mostram receptivos a um agradinho.
Mas nada de demonstrações esfuziantes de sociabilidade. E mais: os Teckels são valentes.
Há vários relatos de exemplares que avançaram em estranhos que invadiram suas propriedades.

 

 

 

 

Onde é a festa?: brincalhões e activos, eles curtem uma correria e amam brinquedos. E quanto menor o Teckel, mais energizado ele é.
Daí os Miniaturas estarem sempre mais animados.

 

Mentes que brilham: os Teckels são surpreendentes quando o assunto é associar causa e consequência.
São do tipo que fica cabisbaixo só de ver o dono a vestir-se, pois já sabe que ele vai sair. Também são excelentes para resolver problemas.
Há relatos incríveis, como o de exemplares que abocanham a vasilha de água quando vazia e levam-na até os donos, para que seja novamente abastecida.

 

Com as crianças da casa: os Teckels, como a maioria das raças caninas, não fazem o estilo superpaciente com a criançada.
Se crescerem acostumados com a presença de crianças e forem respeitados por elas, a relação é óptima e repleta de muita brincadeira.
Do contrário, estranham o agito infantil e podem não ser amigáveis.

 

Adoráveis sem-vergonha: uma certa irreverência costuma fazer parte do jeito de ser desses salsichas.
Roer móveis, roubar meias, mascar sapatos são diversões irresistíveis para os Teckels filhotes e, às vezes, até para os adultos.
Por isso, a dica é discipliná-los desde cedo, oferecer alternativas de entretenimento e evitar que objectos de estimação dos donos fiquem a dar sopa por aí.

 

 

Au au pra você também: até existem alguns relatos de Teckels bem silenciosos, mas são excepção.
Esses cães, em geral, caracterizam-se pelo espírito comunicativo e alerta.
Latem tanto para se comunicar, quanto para sinalizar acontecimentos específicos, como a chegada de alguém ou a presença de um gato no jardim.
Os tamanhos menores, afirmam os criadores, tendem a ser mais latidores.

publicado por mímica às 21:31

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Saber mais sobre os Daschunds/Teckels - Saúde

 

A experiência clínica de veterinários com larga experiência em Teckels indica que 20 a 25% deles desenvolvem algum problema de coluna.
A principal razão para essa alta incidência parece ser a própria anatomia desses cães: alongada e sustentada por pernas curtas, que não absorvem tão bem o impacto.
Mas a obesidade e o manejo inadequado também são vilões dessa história e, muitas vezes, actuam como agentes deflagradores das hérnias de discos e dos chamados bicos-de-papagaio.
Por isso, nada de deixar o seu Teckel sair da linha.
Prepare-se para resistir ao olhar pidão desse voraz baixote e só o alimente com rações balanceadas e nas doses indicadas pelos rótulos.
Se o pimpolho já estiver gorducho, busque auxílio veterinário e organize uma dieta.
E mais: evite tanto que ele sofra quedas ou trancos, como que suba e desça escadas em demasia, pois a coluna fica mal posicionada.
Além disso, propicie exercícios leves e regulares de caminhada: eles fortalecem a musculatura que sustenta a coluna.
Também carregue-o sempre de maneira tal que as suas costas não permaneçam com postura inadequada. Portanto, a regra número 1 é nunca erguê-lo pela região das pernas da frente.

Fonte: Pet Brazil.com

música: Nicole Scherzinger feat. TI - Whatever You Like
publicado por mímica às 21:26

link do post | comentar | favorito
|

Imagens de Daschunds

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

música: Do It Well - Jennifer Lopez
publicado por mímica às 21:07

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 20 de Setembro de 2007

Imagen de dachshunds

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por mímica às 22:25

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 19 de Setembro de 2007

Imagens de Dachshunds

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por mímica às 20:16

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 18 de Setembro de 2007

Imagens de Dachshunds

 

 

     

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por mímica às 19:17

link do post | comentar | favorito
|

TABELA DE COMPARAÇÃO DE IDADES

Idade do Cão

Idade Humana

6 meses

10 anos

8 meses

13 anos

10 meses

14 anos

12 meses

15 anos

18 meses

20 anos

2 anos

22 anos

4 anos

32 anos

6 anos

40 anos

8 anos

48 anos

10 anos

56 anos

12 anos

64 anos

14 anos

72 anos

16 anos

80 anos

18 anos

88 anos

20 anos

96 anos

21 anos

100 anos

publicado por mímica às 19:14

link do post | comentar | favorito
|

Inquérito conclui que portugueses querem mais protecção legal para os animais

Lisboa, 18 Set (Lusa) - Um inquérito sobre "Valores e Atitudes face à protecção dos Animais em Portugal", promovido pela CIES/ISCTE/Metris e divulgado hoje pena associação Animal, revela que a maioria dos 1.064 inquiridos defende mais protecção legal para os animais.

Miguel Moutinho, da Animal, em declarações à agência Lusa, revelou-se "surpreendido" com as conclusões do inquérito, que abrangeu maiores de 18 anos de todos os pontos do país, das zonas urbanas e do interior.

"Os piores resultados [que demonstraram desinteresse sobre o bem estar animal] registaram-se no Alentejo, mas muitas zonas do interior demonstraram vontade de mais protecção legal, o que nos surpreendeu", adiantou Miguel Moutinho.

O inquérito foi realizado entre Fevereiro e Março deste ano e as conclusões, trabalhadas pelo ISCTE - Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Ciência, indicam que 65,8 por cento dos inquiridos pensa que os animais não são "nada protegidos" e 21,3 por cento que são "pouco protegidos".

À pergunta "Em que medida considera que as entidades públicas deveriam ser responsáveis pela protecção dos animais", 68,8 por cento dos inquiridos respondeu que as Câmaras municipais deviam ser "muito" responsáveis pela protecção dos animais, enquanto 73,7 por cento considera que as autoridades veterinárias deviam ser "muito" responsáveis.

 

VP.

Lusa/fim

tags:
publicado por mímica às 19:11

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 15 de Setembro de 2007

Publicidade da Cofap com o Dachshund

publicado por mímica às 15:17

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Silves: Cães ajudam crian...

. Cientistas indicam que os...

. Especial Halloween - Anim...

. Torturar e matar animais ...

. Elefante bebé chora depoi...

. Como os animais realmente...

. Associação transmontana q...

. Cão ajuda criança em caso...

. Furacão Katrina provocou ...

. Animal defende fim da "ve...

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Uma outra paragem

. NÃO ...

. Penteados em tempo de aul...

. Quem escreveu isto é um g...

. Amor vândalo

. O IDIOTA E A MOEDA

. Respostas Reais

. Historia de Portugal em p...

. Dia do nosso Nascimento

. Conversa entre Ministros

.links

.participar

. participe neste blog


Girly glitter comments from www.GirlyTags.com

Girly glitter comments from www.GirlyTags.com

.Adopção

Adotado no Evelyn's Place.com Adotado no Evelyn's Place.com Adotado no Evelyn's Place.com

.Vamos Ajudá-los

lays by verdinha lays by verdinha lays by verdinha lays by verdinha
Esta Terra que é a Nostra
Image Hosted by ImageShack.us
adopt your own virtual pet!

.subscrever feeds