Terça-feira, 22 de Abril de 2008

Receber o novo cão – Tudo o que os donos precisam de saber

 

Receber o novo cão – Tudo o que os donos precisam de saber

 

O que é um dia entusiasmante para o dono, é, na realidade, um dia de ansiedade para o cão. Para que as boas-vindas ao novo cão sejam positivas, é necessário eliminar os perigos que se encontram casa, comprar o equipamento básico e sobretudo não deixar que o entusiasmo se sobreponha às regras previamente estipuladas.
Segurança e conforto são as palavras de ordem para o novo dono durante os primeiros dias do cão na nova casa. Com o passar do tempo, a educação assumirá um papel importante na relação dos dois. Mas primeiro, deve assegurar-se de que tem o básico para o cão passar a primeira noite quente e sem perigo.

Segurança

Por vezes não parece ser claro se ao resguardar certos objectos, estamos a proteger do cão ou os próprios objectos. De facto, ao preparar a casa para a chegada de animal, está simultaneamente a manter o cão fora de perigo e a evitar que ele destrua objectos com valor (sentimental ou monetário), o que evita também castigos e reprimendas.

Plantas

Algumas plantas são tóxicas para os cães. Informe-se sobre as plantas que possui em casa e em caso de dúvida, coloque as plantas em sítios que o cão não consiga aceder. As plantas tóxicas mais comuns nos lares portugueses são, entre outras, Amaríllis, Antúrio, Filodendro, Narciso, Tulipa e Robinia.

Lixo

O lixo encerra vários problemas para os cachorros: comida estragada, materiais tóxicos, comida imprópria (ossos de galinha, por exemplo), etc. O cão não deve ter acesso ao lixo da casa, uma vez que devido à variedade de odores que liberta será certamente um local de interesse para ele.

Roupa

Sapatos e chinelos no chão, ou cestos de roupa suja, são objectos impregnados com o cheiro do dono e que por isso chamam à atenção dos cachorros. Se os cães ingerirem uma peça de roupa, meias, cuecas, etc., o mais provável é ter de ser operado caso não morra de asfixia.

Produtos de limpeza e medicamentos

Se ainda não os tem em locais altos ou armários trancados, esta é uma boa altura para os por fora do alcance dos cães.

Objectos pequenos, cortantes ou em desequilíbrio

Tente olhar as divisões às quais o cão terá acesso, pela perspectiva do animal: abaixe-se, espreite debaixo de armário, etc. Os objectos de pequena dimensão, que possam ser engolidos pelo animal, devem ser removidos para outro local ou guardados. Quanto aos objectos cortantes, obviamente que devem ser retirados das divisões. Tenha em especial atenção pins e outras coisas que não são consideradas cortantes de forma imediata.
Se tiver mesas com toalhas e bibelots em cima, é preferível colocá-la num local ao qual o cão tenha acesso apenas sob a sua supervisão. Os cães podem agarrar a toalha com os dentes e puxá-la, trazendo atrás tudo o que estiver sobre a mesa. O mesmo se aplica a cortinados, que devem ser amarrados ou encurtados, dando um nó.
Objectos em desequilíbrio, tais como estátuas, que possam ser derrubados com um encontrão, deverão também ser colocados noutra divisão.
Os fios eléctricos devem estar ou colados à parede, ou então fora do alcance dos animais.  


O básico

As primeiras compras que o dono deve fazer estão relacionadas com as necessidades dos primeiros dias. Apesar de o animal não poder ainda ir à rua, deve comprar-lhe uma coleira com placa identificadora e anotar os seus contactos. Os cães devem ser habituados desde cedo a usar coleira e caso o cachorro consiga escapar para a rua, estará sempre identificado.
A cama é um elemento fundamental. Ter uma cama para o cão, não implica que o animal passe lá a noite toda, frequentemente os cães têm vários locais para dormir, mas é importante que tenha um sítio para ele, onde poderá guardar os brinquedos, por exemplo. A ideal é composta por duas peças: uma exterior, resistente e lavável e uma interior almofadada, quente e também lavável. Tudo o que estiver disponível para o cão deve ser apropriado para ele. Mesmo as almofadas devem ser compradas em lojas específicas para animais de estimação. Lembre-se que o cão cresce e que uma cama pequena rapidamente fica desajustada, principalmente para as raças de porte grande. Contudo, comprar uma cama pequena, mas de pior qualidade pode ser uma má decisão. É no primeiro ano de vida que o cão mais sente a necessidade de roer (mudança de dentição e explorar a nova casa) por isso uma cama pouco resistente pode ser destruída rapidamente. O melhor será comprar logo uma cama grande e torná-la mais confortável adicionando almofadas próprias, ou então improvisar com um cobertor e uma caixa de cartão com um buraco à frente para os primeiros meses. Caso ele estrague a caixa, pode sempre ir substituindo.
Uma regra de ouro na escolha da cama é que seja rasa, ou que permita que o cachorro entre e saia sem ter necessidade de saltar. Nesta etapa do desenvolvimento, o exercício deve ser moderado e deve ser composto sobretudo por caminhadas e natação. Os saltos devem ser evitados.
Os recipientes para a comida e água são obrigatórios. Devem ser facilmente laváveis e também anti-derrapantes. Existem vários tipos: as tigelas de aço inoxidável são uma boa opção, mas devem ter uma borracha que impeça que deslize pelo chão enquanto o cão se alimenta. As tigelas de barro vidrado também são uma boa escolha, uma vez que são pesadas, não precisam de borracha. As de plástico não são aconselháveis, uma vez que o animal consegue facilmente roe-las e arranhá-las, o que torna difícil a sua limpeza.
A cama deve ser colocada num local com pouco barulho, próxima da comida e da água. O jornal das necessidades deve estar mais afastado, geralmente no canto oposto da divisão.
Quando vai buscar um cão a um criador, este geralmente fornece ração para os primeiros dias e aconselha sobre qual a ração a adoptar. Caso adopte um animal do canil, não se esqueça de comprar a ração antes de trazer o cão para casa. Procure ração apropriada para cachorros.


Lista de compras

  • Coleira, com placa identificadora
  • Cama – duas peças: parte exterior em material resistente e parte interior em material confortável
  • Recipiente para comida e água – anti-derrapante e fácil de lavar
  • Brinquedos – um brinquedo para roer e um brinquedo que faça barulho.
  • Ração

Futuras compras

  • Trela
  • Peitoral (opcional)
  • Outros brinquedos – osso que ajuda a manter os dentes limpos, bolas apropriadas, etc
  • Escova e pente
  • Escova dos dentes e pasta
  • Produtos indicados para o banho
  • Comida


O primeiro dia

Antes de trazer o cão para casa, certifique-se de que já removeu tudo o que representava perigo para um cachorro curioso e que tem todo o equipamento essencial para os primeiros dias. Isto permite-lhe não só preparar devidamente a chegada de um novo membro, mas sobretudo, desfrutar da companhia do cão.
De preferência, vá buscar o cão de manhã, para que o animal tenha tempo para se habituar à casa antes do cair da noite. Deixe o cão investigar a casa, cheirando todos os cantos e recantos, mesmo aqueles aos quais não terá acesso quando estiver sozinho.
Depois de o apresentar à casa, está na hora de ele conhecer o resto da família, isto se partilhar a casa com alguém. Apresente-os com calma, um a um, deixando o cão cheirar e brincar com uma pessoa de cada vez. Este dia de transição não é fácil para os animais, para além de serem separados da mãe, geralmente têm um batalhão de pessoas entusiasmadas à volta dele. Tenha sempre a situação controlada, especialmente com crianças. Aprenda a pegar o cão ao colo: pegando com as duas mães debaixo do peito e não segurando pelas patas.
Não o apresente a vizinhos ou amigos. Faça isso progressivamente ao longo da semana, apresentando poucas pessoas de cada vez. Dê tempo ao cão para descansar e dormir e não esteja sempre à volta dele, deixe-o conhecer os brinquedos, a cama, o jornal, etc.

A primeira noite

A primeira noite é sempre difícil para os cachorros. É a primeira noite num sítio estranho e sem a mãe. É natural que haja algum “choro”, mas não ceda à tentação de o ir buscar para perto de si, nem o castigue.
Não deixe o cão adormecer algumas horas antes de se ir deitar, brinque com ele, para que gaste as energias.
Deixe um rádio ligado com o volume baixo durante a noite para lhe fazer companhia.
Quando for buscar o cão, peça ao criador um brinquedo ou um pano com o cheiro da mãe ou irmão e coloque-o na cama. O cheiro familiar ajuda a acalmá-lo.

Os dias seguintes

Depois de devidamente instalados e ambientados, o segundo dia é altura de começar a estabelecer uma rotina. Os cães são animais que gostam da rotina e dão-se melhor quando os horários são cumpridos.
Alimente o cão três vezes ao dia e tenha sempre água à disposição. A fixação da hora da alimentação é extremamente importante se pretende ensinar o cão a fazer as necessidades na rua.
A partir do segundo dia pode começar a treinar o cão a ser mais independente, começando a separar-se dele por breves períodos de tempo – um minuto, cinco minutos, etc. – e recompensando-o sempre que não uivar.
Apesar de o cão não poder sair para passear na rua, pode convidar amigos com ou sem cães para começar a socialização do animal.
O treino básico pode começar desde cedo, desde que seja utilizado para fortalecer os laços entre o cão e o dono. Use a brincadeira e a comida para ensiná-lo a sentar, a deitar, etc.
Os primeiros dias com um cão são sempre os que mais custam. Não só porque o cão sofre com a separação da mãe, mas também porque o dono tem de se ajustar a novas rotinas. Mas apesar disso, até os donos de novos cães se apercebem cedo daquilo que estes pequenos têm para oferecer.

 

Fonte: Arca de Noé

publicado por mímica às 13:32

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Silves: Cães ajudam crian...

. Cientistas indicam que os...

. Especial Halloween - Anim...

. Torturar e matar animais ...

. Elefante bebé chora depoi...

. Como os animais realmente...

. Associação transmontana q...

. Cão ajuda criança em caso...

. Furacão Katrina provocou ...

. Animal defende fim da "ve...

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Uma outra paragem

. NÃO ...

. Penteados em tempo de aul...

. Quem escreveu isto é um g...

. Amor vândalo

. O IDIOTA E A MOEDA

. Respostas Reais

. Historia de Portugal em p...

. Dia do nosso Nascimento

. Conversa entre Ministros

.links

.participar

. participe neste blog


Girly glitter comments from www.GirlyTags.com

Girly glitter comments from www.GirlyTags.com

.Adopção

Adotado no Evelyn's Place.com Adotado no Evelyn's Place.com Adotado no Evelyn's Place.com

.Vamos Ajudá-los

lays by verdinha lays by verdinha lays by verdinha lays by verdinha
Esta Terra que é a Nostra
Image Hosted by ImageShack.us
adopt your own virtual pet!

.subscrever feeds