Quinta-feira, 23 de Dezembro de 2010

Artigos em pele de gato e cão estão à venda na China através da Internet

Milhares de artigos fabricados em pele de gato e cão estão a ser vendidos na Internet. As associações de defesa dos animais estão revoltadas e prometem tudo fazer para encerrar os sites chineses

 

A investigação dos repórteres da agência chinesa AFP e do jornal Shanghai Daily descobriu calças e chapéus produzidos com pele de cão.

"Esses produtos estão no site Taobao", confirmou à AFP um porta-voz do grupo empresarial responsável pela comercialização dos produtos online.

Segundo os defensores dos animais, o couro e a pele é proveniente de animais abandonados. "Nós temos voluntários para proteger os animais.

Na nossa opinião o controle do governo é insuficiente", segundo Zhai Yining, um responsável da Associação Chinesa de Defesa dos Animais.

De acordo com a legislação chinesa, a venda de produtos fabricados a partir de gatos e cães é proibida na Internet.

 

Fonte: Visão Online

publicado por mímica às 16:33

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 2 de Outubro de 2010

Mais de 10 mil animais abandonados por ano em Portugal

 

 

 

Mais de dez mil animais são abandonados todos os anos em Portugal, onde se estima que existam mais de meio milhão de bichos sem dono. Nas vésperas do Dia Mundial do Animal, 200 cães e gatos vão estar em Lisboa para serem adoptados.

Hoje, o Jardim Vieira Portuense, em Belém, vai transformar-se numa espécie de centro de adopção: «Cerca de duas dezenas de animais que vivem em canis ou em associações vão estar ali para serem adoptados», segundo Maria do Céu Sampaio, presidente da Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais (LPDA), associação que organiza o evento.

«As mais de 40 associações zoófilas que existem no país estão todas superlotadas. Não temos números certos, mas sabemos que são muito mais de meio milhão os animais que não têm dono», alertou a responsável, sublinhando que a degradação económica das famílias e o aumento de divórcios provocou um aumento de casos.

De acordo com a LPDA, as alergias, as férias, o nascimento de um filho e problemas de comportamento são outros dos motivos que levam os donos a abandonar os seus animais.

Por isso, hoje à tarde, professores de uma escola especilizada em educação animal vão estar no jardim para ajudar os donos a educar os seus bichos, contou Maria do Céu Sampaio.

No domingo, haverá a entrega dos Prémios De Cão para Cão, um projecto de responsabilidade social que este ano vai ajudar 600 animais abandonados de quatro associações.

De Cão para Cão é um jogo interativo, onde as pessoas podem adoptar um cão virtual.

«Chama-se de Cão para Cão, porque ao tratar bem um cão virtual as pessoas estão a ajudar um cão real», explicou Rodolfo Neves, responsável pelo projecto criado no ano passado.

Maria do Céu Sampaio garante que todos os animais - abandonados ou com dono - que apareçam neste fim-de-semana no jardim vão ganhar um prémio, porque este «é o dia deles».

O Dia Mundial do Animal assinala-se na próxima segunda feira.

 

Fonte: Sol Lusa

publicado por mímica às 17:52

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Abril de 2010

Vida de cão

publicado por mímica às 01:02

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Gatos: Alunos e professores de escola de Guimarães constroem canil para 30 animais abandonados

A Escola Santos Simões, em Guimarães, construiu um gatil para acolher 30 gatos que são tratados por alunos e professores, uma experiência única em Portugal que uniu a comunidade escolar contra o abandono dos animais, disse hoje à Lusa, a coordenadora do projecto.


"É um projecto pedagógico que tem por objectivo reforçar a ligação emocional entre as crianças e os animais, dado que através delas, podemos educar uma população", sustentou Luísa Veiga, professora e coordenadora do Gatil Simãozinho.
Com 30 animais, o gatil foi criado para acolher gatos vadios que viviam em terrenos próximos daquela escola do 2º e 3º ciclo.

publicado por mímica às 12:59

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 16 de Julho de 2009

UM ROTTWEILER ADOPTA UM FILHOTE DE LOBO

UM ROTTWEILER ADOTA UM FILHOTE DE LOBO

Mais um exemplo de que o amor e o instinto protector dos animais está acima de qualquer coisa.

Este pequeno lobo foi abandonado pelos seus pais com apenas quatro dias de vida. Ele foi para uma reserva natural e lá o inesperado aconteceu, o bebé lobo e um cão se deram muito bem. E outro cão que estava também na reserva, um rottweiller, adoptou de forma natural o lobinho quando ele estava com apenas oito semanas de vida. Heather Grierson, o director do lugar, disse que eles se dão super bem e que são grandes amigos.

publicado por mímica às 23:13

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008

A Associação do Amigo Fiel precisa de ajuda

a Associação Amigo Fiel sobrevive de todo o tipo de ajudas, por particulares, por parte das quotas pagas pelos sócios e por um pequeno subsídio atribuído pela Câmara Municipal do Bombarral.

Ora tendo a seu cargo à volta de 65 animais, alguns dos quais que necessitam de cuidados especiais, o dinheiro nem sempre chega para tudo e agora com a chegada do Inverno e do frio ainda pior!!!

O objectivo deste apelo é pedir-vos uma série de itens que de momento lhes fazem muita falta, são eles:

 

- Cobertores, robes, casacos velhos e todo o tipo de tecidos quentes (MUITO URGENTE!)

- Camas de plástico ou casotas (TAMBÉM URGENTE!)

Estes de momento são os itens que mais necessitamos, pois com a chegada do Inverno o frio torna-se mais complicado de suportar tanto na Amigo Fiel como em outras associações no entanto também existem outros produtos que precisamos sempre, são eles:

 

- Tigelas, alguidares, panelas velhas (para servirem de comedouros e bebedouros)

- Coleiras (médias e grandes)

- Correntes

- Trelas

- Ossos de roer de longa duração, brinquedos (para os animais que estão sozinhos em boxes)

- Detergentes para o chão

- Esponjas de louça

- Esfregões verdes

- Vassouras

- Pás

- Rodos (para enxaguar a água do chão das boxes)

- Escovas

- Sacos para o lixo

- Panos

- Luvas de látex (médias)

- Betadine (amarela)

- Compressas

 

Caso esteja interessado em doar alguns destes artigos pode deixá-los na Copynet – Centro de Cópias (junto à Escola Secundária do Bombarral). Se tiver alguma dúvida por favor, entre em contacto com a associação  através do  email: amigo.fiel3@gmail.com

publicado por mímica às 13:57

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Setembro de 2008

A Juventude não está assim tão perdida como parece...

Um jovem casal, que está a dar os primeiros passos numa vida em comum, depara-se com um pequeno vulto no meio da estrada. Param o carro e vão ver do que se trata.
Era uma gatinha, ainda jovem, mas em muito mau estado. A tiritar, desnutrida,remelosa, suja e parasitada. É quase certo que tinha sido abandonada naquele local ermo.
O animal, vendo que ali poderia estar uma hipótese de sobrevivência, enroscou-se nas pernas da jovem.
Ao contrário do que, se calhar, muita gente faria, os jovens colocaram a gata dentro de um saco e rumaram directamente a uma veterinária.
A bichana foi observada, limpa, alimentada. Saiu com um diagnóstico de "constipação" e uma prescrição de antibiótico. E estava cega de um olho.
Os jovens aviaram a receita, compraram uma pequena casota, alimentos,areia sanitária, toalhetes, soro fisiológico. Gastaram dinheiro que, nesta fase da sua vida, não abunda particularmente.Com um pobre e insignificante animal.
Durante dois dias, não pararam de velar pela recuperação da gata. Dia e noite , estiveram ao pé dela, na tentativa de a recuperarem para a vida.
A Lucky (já tinha nome e tudo) nem sequer era um animal bonito.
Mas os jovens diziam:
-Deixa lá! Os feios também têm direito à vida.
Mas, infelizmente, o animal não resistiu.
Os jovens, sentiram o golpe, de uma forma particularmente intensa.
Ficaram pesarosos por não terem levado a" sua missão" a bom termo.
Esta história verídica mostra que, por muito que se diga em contrário, ainda há, felizmente, muitos jovens com sensibilidade, espírito solidário. Porque quem trata bem os animais, demonstra, desde logo, que possui valores humanos a que, infelizmente, muita gente é alheia.
São histórias como esta que me fazem acreditar que o futuro, afinal, pode não ser tão escuro como às vezes suponho.
Que, no fundo, vale a pena acreditar nas novas gerações e que nem tudo está perdido.
 
Fonte: Peciscas
publicado por mímica às 17:31

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 27 de Julho de 2008

Crueldade na China

Atenção: ESTE POST CONTÉM IMAGENS PASSÍVEIS DE SEREM CONSIDERADAS CHOCANTES. SE FOR UMA PESSOA QUE SE IMPRESSIONA FACILMENTE, RODE O RATO PARA BAIXO E LEIA OS OUTROS POSTS. OBRIGADO, MÉ.
Eu, Ovelha Anorética, tenho dificuldade em começar este post. Dificuldade porque, na quinta em que vivemos, há todo o tipo de animais. Animais que, na nossa e em muitas mais quintas por todo o país, nos guiam pelos pastos e nos impedem a nós, ovelhas, de nos perdermos. Animais que recebem um carinho especial dos humanos, um carinho que nós não recebemos. Animais que são chamados por muitos como os melhores amigos do Homem. Falo, obviamente, de cães (e gatos, também).

Na primeira foto deste post, podem ver um cão a olhar em volta, rodeado por vários outros deitados. Não, não estão ali a dormir a sesta ou a descansar. Estão mortos. Esta realidade, comum em países como a China, a Coreia ou a Tailândia, é-nos estranha mas nós, Ovelhas Obesa, Bulímica, Anã e Anorética, estamos aqui para vos contar toda a verdade: na China, por exemplo, morrem todos os dias milhares de animais domésticos. Com que propósito? Continuem a ler.
Enjaulados - é assim que dezenas de animais são transportados para os matadouros e mercados. Reparem nas expressões estampadas nos gatos da fotografia. Provavelmente, passaram por uma viagem de várias horas e a morte, para eles, está infelizmente muito próxima. Na China, li num certo blog, não se vêem animais abandonados nas ruas. Ao investigar, descobri que as pessoas recebem alguns cêntimos por cada animal que apanharem e levarem a certos locais, onde começa todo o processo que tem dois fins: a transformação dos animais em comida (espantados? lá até os bebés humanos são um prato muito apetecido) ou a transformação das suas peles em casacos e outras peças de vestuário.

Além dos animais que são caçados nas ruas, outros são criados em quintas especializadas. Principalmente no Inverno, em que são deixados ao frio, rodeados de outros animais sem vida, para que as suas peles fiquem mais espessas. Tive conhecimento de que consumidores, estilistas e muitos outros intervenientes tentam aliviar o peso da consciência ao sugerir aos donos destas quintas para que tratem os animais cuidadosamente. Porém, não me parece que seja isso que aconteça.
Porém, se pensavam que estes animais tinham uma morte indolor, desenganem-se. Além de serem maltratados em vida, durante o crescimento, também na hora da morte não são poupados de horrores. Muitos asiáticos acreditam que, quanto maior o sofrimento que o animal sentir na hora da morte, melhor sabor terá a sua carne. Assim, são torturados, humilhados, esfaqueados, atirados para panelas a ferver, enforcados ou afogados (os assassinos abrem a sua boca e, com uma mangueira, enchem os pulmoes do animal de água) por estes homens que, estranhamente, sentem prazer ao fazer-lhes isso.
Na China, como sabem, serão realizados os Jogos Olímpicos de 2008. Num país que se diz civilizado, que irá ser o palco de tal cerimónia, estas coisas são absolutamente inadmissíveis e imperdoáveis. Já na Coreia, em 2002, um grande evento foi celebrado: o Mundial de Futebol. Apesar dos protestos, apenas só se conseguiu impedir a distribuição de carne de cães e gatos à porta dos estádios pois iria ser exposta para que os turistas provassem.

Para alguns países da Europa (como a França, Itália ou Alemanha), são exportadas toneladas de peles de animais domésticos todos os meses. Estas indústrias dependem muito da exportação, pelo que lançamos aqui o apelo: não comprem peles. Não abandonem os vossos animais nas ruas... por favor. E, se querem ajudar mais... pesquisem e apoiem as associações como a PETA. Deixo aqui um link para uma petição que adoraria que todos os nossos visitantes assinassem, se querem tentar ajudar aqueles animais, que sofrem tamanhas barbaridades por meros caprichos de seres da nossa espécie: http://www.thepetitionsite.com/takeaction/395884823.
Olhem para a fotografia acima. Não é assim que deveria ser...? Felies, acarinhados? Em vez do nosso amor, 2 milhões de cães e gatos recebem, anualmente, a morte, na Ásia. Dois milhões. Morrem sem nunca ter recebido amor, morrem por serem tratados apenas como um sub-produto num mercado. Morrem porque a nossa raça consegue, muitas vezes, descer mais baixo do que imaginamos. Morrem numa melodia descoordenada de gritos e de choro. Numa melodia assistida pelos olhos cobertos de gozo dos humanos. Nós perguntamos: é assim que deveria ser...?

Aqui ficam alguns vídeos:
- Vídeo 1
- Vídeo 2
- Vídeo 3
- Vídeo 4
Fontes:
- Geocities
- China Em Reportagem
- Nossos Amigos Animais
- Youtube

 

Fonte: Ovelhas Ranhosas

publicado por mímica às 22:08

link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Quinta-feira, 6 de Março de 2008

Moita - Associação de Animais Abandonados recebe ordem de despejo e 350 animais podem ser abatidos

A Associação Amigos dos Animais Abandonados da Moita recebeu uma ordem de despejo da proprietária dos terrenos da Quinta do Império em Alhos Vedros tendo oito dias para recorrer sob ameaça de abate dos mais de 350 animais

 

Alda Galvão, da associação, anuncia que já foi encontrada uma advogada para defender o caso, que tentará prolongar o tempo da acção de despejo até que as obras do novo abrigo sejam concluídas.
Esta defensora dos direitos dos animais relembra aos proprietários dos terrenos que «cederam o espaço» que a associação «não se recusa a sair, somente precisa de mais tempo» para concluir as obras do novo abrigo.
Isabel Lopes, vice-presidente desta associação afirma que não compreende a atitude da proprietária pois, inicialmente «não havia problema nenhum», ela sempre se mostrou solidária e interessada na acção da associação e agora mostrou
«não ter escrúpulos nenhuns».
A Associação atravessa uma «situação crítica» pois não tem dinheiro para sustentar a alimentação dos mais de 350 animais e para custear as obras do novo abrigo e os custos de tribunal, não tendo «ajudas de ninguém» para remediar esta situação, o que põe em causa a vida dos mais de 350 animais que estão ao abrigo desta instituição, que podem ser todos abatidos pela Câmara Municipal da Moita.
Esta instituição iniciou já a construção de um novo abrigo, as obras têm estado paradas por falta de mão-de-obra, materiais de construção e dinheiro mas a instituição conseguiu um construtor que cede a mão-de-obra mas os materiais continuam a faltar, e apesar dos inúmeros pedidos a empresas de materiais de construção «poucas são as que ajudam» e os novos canis e gatis têm que ser construídos o mais rápido possível, sobretudo quando a vida da associação e dos animais está em dúvida.
A Associação dos Amigos dos Animais Abandonados da Moita realiza pedidos de ajuda pela Internet, em estabelecimentos comerciais e em eventos sobre animais podendo as pessoas ajudar através de doações monetárias no Millenium BCP, em duas contas com o NIB 0033000000284443383-05 ou 0035 0579 00699924300-45.
Ao adoptar um animal ou apadrinhar um com pequenas doacções monetárias para sustentar o dia-a-dia do animal, está também a ajudar esta instituição.
O voluntariado é também uma outra opção de ajuda, e pode ser-se voluntário a cuidar dos animais, a ajudar nas obras da nova associação e a oferecer materiais de construção: areia, cimento, tijolos, telhas zincadas, tábuas de madeira e painéis de vedação.
Por último, pode também fazer-se doações de cobertores, trelas, produtos de limpeza - lixívia e detergentes, desinfectantes, compressas, algodão e outros materiais indispensáveis à manutenção de uma associação animal.
A Associação Amigos dos Animais Abandonados tem ao seu abrigo mais de 350 animais - cães e gatos, ajudando também na alimentação de colónias de animais de rua, o seu objectivo é garantir aos animais «mal tratados e abandonados» uma vida com condições e uma família adoptiva, tendo já esta associação recolhido e doado centenas de animais.


música: Festa - TT
publicado por mímica às 18:26

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 4 de Março de 2008

Famosos ajudam cães abandonados

Famosos ajudam cães abandonados Um grupo de figuras públicas reuniu-se em Lisboa por uma causa nobre: convencer os portugueses a adoptarem milhares de cães abandonados.
Os actores Nuno Pardal, Raquel Henriques e Raquel Strada e a apresentadora Tânia Ribas de Oliveira foram os padrinhos da "Missão Adopção", organizada pela marca Pedigree.
Estima-se que todos os anos 10 mil cães são abandonados em Portugal. Segundo a lei, o animal pode ser abatido oito dias depois de chegar ao canil municipal.
Para além dos padrinhos da acção, os cães também contam com a solidariedade de Rita Andrade, Vanessa Oliveira, Marta Fernandes, Carla Salgueiro, Nuno Eiró, Susana Bento Ramos, Sofia Ribeiro, Nuno Janeiro, Carla Matadinho, Rita Ruaz, Ana Cloé e Nuno Melo, Jorge Monte Real, Sylvie Dias e João Malheiro.

 

Fonte: SapoFama

publicado por mímica às 21:11

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Artigos em pele de gato e...

. Mais de 10 mil animais ab...

. Vida de cão

. Gatos: Alunos e professor...

. UM ROTTWEILER ADOPTA UM F...

. A Associação do Amigo Fie...

. A Juventude não está assi...

. Crueldade na China

. Moita - Associação de Ani...

. Famosos ajudam cães aband...

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Uma outra paragem

. NÃO ...

. Penteados em tempo de aul...

. Quem escreveu isto é um g...

. Amor vândalo

. O IDIOTA E A MOEDA

. Respostas Reais

. Historia de Portugal em p...

. Dia do nosso Nascimento

. Conversa entre Ministros

.links

.participar

. participe neste blog


Girly glitter comments from www.GirlyTags.com

Girly glitter comments from www.GirlyTags.com

.Adopção

Adotado no Evelyn's Place.com Adotado no Evelyn's Place.com Adotado no Evelyn's Place.com

.Vamos Ajudá-los

lays by verdinha lays by verdinha lays by verdinha lays by verdinha
Esta Terra que é a Nostra
Image Hosted by ImageShack.us
adopt your own virtual pet!

.subscrever feeds