Sábado, 4 de Julho de 2009

Bar em Tóquio fornece oxigénio para cães

A última novidade no Japão: um bar em que os animais mais sofisticados de Tóquio podem, literalmente, respirar novos ares

 

 

O Air Press, uma rede com mais de 20 «bares de oxigénio» em todo o país, abriu sua primeira filial exclusiva para cães, que são colocados num cilindro onde o oxigénio é bombeado.

«Se não mora numa cidade, pode deixar o seu cão correr num lugar enorme, como nos planaltos, livremente», disse Tsuyoshi Hirano, dono do bar canino.

«Mas, na região de Tóquio, o espaço doméstico é muito limitado, e os passeios dos cães são apenas ocasionais. Por isso será difícil os cães permanecerem em boas condições sem esse apoio extra à sua saúde».

Um tratamento de 30 minutos com oxigénio custa 2.100 ienes (13 euros). Os donos dizem que os seus animais de estimação adoram.

«O meu cachorro não se cansa, e normalmente fica meio letárgico. Depois de vir aqui, ele fica entusiasmado e a latir», contou Umekichi Sakon, cujo animal de estimação é cliente habitual do lugar.

Actualmente, há mais cães do que crianças com até dez anos no Japão (em 2006, eram 13,1 milhões de cachorros), o que faz do país um mercado importante para qualquer produto ou serviço canino.

Os donos costumam realizar festas (literalmente) animais em bares específicos, vestem os animais com seda e caxemira e levam-nos a fontes termais e spas que oferecem massagens e aromaterapia.

 

Reuters/SOL

 

publicado por mímica às 00:14

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 27 de Julho de 2008

Crueldade na China

Atenção: ESTE POST CONTÉM IMAGENS PASSÍVEIS DE SEREM CONSIDERADAS CHOCANTES. SE FOR UMA PESSOA QUE SE IMPRESSIONA FACILMENTE, RODE O RATO PARA BAIXO E LEIA OS OUTROS POSTS. OBRIGADO, MÉ.
Eu, Ovelha Anorética, tenho dificuldade em começar este post. Dificuldade porque, na quinta em que vivemos, há todo o tipo de animais. Animais que, na nossa e em muitas mais quintas por todo o país, nos guiam pelos pastos e nos impedem a nós, ovelhas, de nos perdermos. Animais que recebem um carinho especial dos humanos, um carinho que nós não recebemos. Animais que são chamados por muitos como os melhores amigos do Homem. Falo, obviamente, de cães (e gatos, também).

Na primeira foto deste post, podem ver um cão a olhar em volta, rodeado por vários outros deitados. Não, não estão ali a dormir a sesta ou a descansar. Estão mortos. Esta realidade, comum em países como a China, a Coreia ou a Tailândia, é-nos estranha mas nós, Ovelhas Obesa, Bulímica, Anã e Anorética, estamos aqui para vos contar toda a verdade: na China, por exemplo, morrem todos os dias milhares de animais domésticos. Com que propósito? Continuem a ler.
Enjaulados - é assim que dezenas de animais são transportados para os matadouros e mercados. Reparem nas expressões estampadas nos gatos da fotografia. Provavelmente, passaram por uma viagem de várias horas e a morte, para eles, está infelizmente muito próxima. Na China, li num certo blog, não se vêem animais abandonados nas ruas. Ao investigar, descobri que as pessoas recebem alguns cêntimos por cada animal que apanharem e levarem a certos locais, onde começa todo o processo que tem dois fins: a transformação dos animais em comida (espantados? lá até os bebés humanos são um prato muito apetecido) ou a transformação das suas peles em casacos e outras peças de vestuário.

Além dos animais que são caçados nas ruas, outros são criados em quintas especializadas. Principalmente no Inverno, em que são deixados ao frio, rodeados de outros animais sem vida, para que as suas peles fiquem mais espessas. Tive conhecimento de que consumidores, estilistas e muitos outros intervenientes tentam aliviar o peso da consciência ao sugerir aos donos destas quintas para que tratem os animais cuidadosamente. Porém, não me parece que seja isso que aconteça.
Porém, se pensavam que estes animais tinham uma morte indolor, desenganem-se. Além de serem maltratados em vida, durante o crescimento, também na hora da morte não são poupados de horrores. Muitos asiáticos acreditam que, quanto maior o sofrimento que o animal sentir na hora da morte, melhor sabor terá a sua carne. Assim, são torturados, humilhados, esfaqueados, atirados para panelas a ferver, enforcados ou afogados (os assassinos abrem a sua boca e, com uma mangueira, enchem os pulmoes do animal de água) por estes homens que, estranhamente, sentem prazer ao fazer-lhes isso.
Na China, como sabem, serão realizados os Jogos Olímpicos de 2008. Num país que se diz civilizado, que irá ser o palco de tal cerimónia, estas coisas são absolutamente inadmissíveis e imperdoáveis. Já na Coreia, em 2002, um grande evento foi celebrado: o Mundial de Futebol. Apesar dos protestos, apenas só se conseguiu impedir a distribuição de carne de cães e gatos à porta dos estádios pois iria ser exposta para que os turistas provassem.

Para alguns países da Europa (como a França, Itália ou Alemanha), são exportadas toneladas de peles de animais domésticos todos os meses. Estas indústrias dependem muito da exportação, pelo que lançamos aqui o apelo: não comprem peles. Não abandonem os vossos animais nas ruas... por favor. E, se querem ajudar mais... pesquisem e apoiem as associações como a PETA. Deixo aqui um link para uma petição que adoraria que todos os nossos visitantes assinassem, se querem tentar ajudar aqueles animais, que sofrem tamanhas barbaridades por meros caprichos de seres da nossa espécie: http://www.thepetitionsite.com/takeaction/395884823.
Olhem para a fotografia acima. Não é assim que deveria ser...? Felies, acarinhados? Em vez do nosso amor, 2 milhões de cães e gatos recebem, anualmente, a morte, na Ásia. Dois milhões. Morrem sem nunca ter recebido amor, morrem por serem tratados apenas como um sub-produto num mercado. Morrem porque a nossa raça consegue, muitas vezes, descer mais baixo do que imaginamos. Morrem numa melodia descoordenada de gritos e de choro. Numa melodia assistida pelos olhos cobertos de gozo dos humanos. Nós perguntamos: é assim que deveria ser...?

Aqui ficam alguns vídeos:
- Vídeo 1
- Vídeo 2
- Vídeo 3
- Vídeo 4
Fontes:
- Geocities
- China Em Reportagem
- Nossos Amigos Animais
- Youtube

 

Fonte: Ovelhas Ranhosas

publicado por mímica às 22:08

link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Domingo, 18 de Junho de 2006

Para ambientalistas, japoneses não gostam mais de carne de baleia

 

Relatório de ONG com sede em Tokyo relaciona aumento nos estoques com queda no consumo

Contrariando o lobby baleeiro japonês, um levantamento feito pela Rede de Ação Golfinho & Baleia revelou que os japoneses não gostam mais de carne de baleia. Portanto, o argumento do governo de que é preciso continuar com a caça do animal para satisfazer a demanda dos consumidores seria falsa, noticiou a agência Reuters.

“A Agência de Pesca continua a caçar baleias apelando para uma opinião pública fictícia”, disse Junko Sakuma, jornalista responsável pelo relatório da entidade ambientalista com sede em Tokyo.

Dados da agência governamental mostram um crescente aumento nos estoques de carne do Japão. Para os ambientalistas, o fato indica que o consumo diminuiu, mas a própria agência nega esta hipótese, atribuindo o fenômeno a uma expansão no número de animais mortos, e não a uma queda de demanda.

O governo japonês pretende formar um novo grupo de países que apoiam a caça comercial do mamífero paralelamente à próxima reunião da Comissão Baleeira Internacional (IWC). O eventual sucesso do Japão poderia dar fim a uma proibição de 20 anos à atividade baleeira.

 

Fonte: Made In Japan

sinto-me: Portugal! Portugal!!!
música: Fuck You Back da Frankee
tags: ,
publicado por mímica às 20:48

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 16 de Maio de 2006

Bom para cachorro

Os pets japoneses contam com spa, tratamentos antiestresse, roupas de grife, bolo de aniversário e até funeral

0215_cachorro_lama.jpg

Cãozinho recebe tratamento com lama do Mar Morto no salão Jennie’s: mordomia por 82 dólares

O que fazer no fim de semana? Ir ao salão Jennie’s para uma sessão completa com xampu, massagem, aromaterapia e máscaras de lama do Mar Morto? Ou então curtir um dia no spa Tomioka e suas termas, piscinas e banheiras de hidromassagem, ideais para tratar problemas de pele e aliviar o estresse da vida urbana? Realmente, a dúvida é algo muito cruel para os animais de estimação japoneses — sim, estamos falando de bichos, e não de pessoas.

No Japão, onde o declínio da taxa de nascimento e o envelhecimento gradativo da população fizeram com que as pessoas nunca estivessem tão solitárias quanto nos dias de hoje, os bichos de estimação — pets, em inglês, ou petos, na peculiar versão da língua de Shakespeare inventada pelos japoneses — ganharam status tão ou até mais importante que os humanos.

0215_cachorro_livro_receita.jpgLivro de receitas caninas: best seller no Japão

Os preços desses serviços, nos quais estão incluídos itens importados da melhor qualidade, são altos. O gasto médio de cada proprietário com seu mascote chega a 14.226 (118 dólares) por mês, em Tokyo.

No salão para animais de estimação Jennie’s, uma sessão de tratamento com lama vinda do Mar Morto, rica em sais minerais e excelente hidratante, não sai por menos de 10 mil ienes (82 dólares). Por esse mesmo preço, pode-se levar um cãozinho para tomar banho e aparar o pêlo sob os cuidados de um profissional.

Em Gunma, o Dog Spa Tomioka tem atraído muitos donos de cachorros, que saem de Tokyo para tomar um bom banho nas águas termais, com direito a hidromassagem. Pelo menos 70% dos usuários caninos vão lá para tratar de problemas de pele ou se submeter a sessões de fisioterapia. Segundo um dos responsáveis, a vida nas cidades estressa os bichinhos, que acabam ficando mais fracos.

0215_cachorro_hideko.jpgHideko Notani, dona de um café somente para cães

Lançado em 1995, o primeiro Seguro de Saúde para bichos de estimação do Japan Pet Owners Club Co. conta com 10 mil assegurados.

A taxa mensal mínima é de 1,4 mil ienes (11 dólares). Os seguros cobrem danos causados pelo animal a terceiros, hospitalização, morte por doenças ou ferimentos e câncer. Se, mesmo com esse apoio médico e financeiro para a saúde, o bichinho morrer, é possível dar a ele um funeral com pompa e circunstância. A Saint Springs, casa especializada em enterros para animais de estimação em Roppongi, Tokyo, já realizou mais de quatro mil funerais, incluindo de esquilos, cobras e iguanas. A cerimônia é realizada de acordo com a religião budista, e o custo varia entre 50 mil e 100 mil ienes (413 a 826 dólares), mais uma taxa anual de 15 mil ienes (124 dólares).

0215_cachorro_comidinhas_grande.jpg
Comidinhas sem adição de sal ou açúcar, para não comprometer a saúde dos animais

Bichos VIPs
No Japão, a preocupação com os bichos de estimação é tão grande que eles dispõem até de uma moda exclusiva. Coleiras brilhantes, capas de chuva, galochas e mesmo roupas sem nenhuma função que não seja estética estão no mercado canino, que em breve receberá peças chiquérrimas de marcas como Gucci e Chanel.

Made in JapanSecador com piscina, para uma secagem mais rápida

Tudo a preços exorbitantes, é claro. Ao que parece, dinheiro não é problema para animais que podem se dar ao luxo de ir tomar um cafezinho com seus donos no café de Petspa, perto de Komazawa, em Tokyo.

Lá, os bichos têm direito a banho, aromaterapia, massagem e tratamento no spa. Enquanto isso, o dono espera tomando seu café. Para os VIPs (Very Important PETs), há quartos especiais equipados com câmeras, para que os donos possam se tranqüilizar vendo como está seu bichinho em tempo real.

Apetite canino
Hideko Notani, conhecida como Deco, é a autora de um dos livros de receita mais vendidos no Japão, Inu ga yorokobu tezukuri oyatsu 50 no recipe (algo como Cinqüenta receitas caseiras de lanchinhos para deixar seu cachorro feliz). “O livro fez tanto sucesso que pensei em abrir o café”, conta a autora e proprietária do Deco’s Dog Cafe, em Daikanyama, Tokyo.

Fotos: Yayoi Wada
Souvenires para os pets

O estabelecimento oferece uma variedade de 20 pratos diferentes, todos livres de produtos químicos, sem adição de sal nem açúcar, “para garantir a saúde dos bichinhos”, explica. Até bolos de aniversário feitos sob encomenda são vendidos, com preços entre 1,5 mil e 2,5 mil ienes (12 a 20 doláres). Como em toda freguesia, há certas regras comportamentais: não se pode latir excessivamente, deve-se manter a coleira presa e, importante, usar o banheiro antes de entrar no recinto. “Nunca tive problemas. Ultimamente, alguns cachorros estão se tornando freqüentadores diários”, completa Deco.

Novidades do mundo animal Não entendeu? use o tradutor de latidos
0215_cachorro_nao_entendeu.jpgÉ sério. A empresa Takara Co. lançou no mercado o Bowlingual, um tradutor para cachorros que analisa as emoções do bichinho e converte tudo para o japonês. O Bowlingual é capaz de classificar os latidos em até sete padrões emocionais diferentes. Se o dono responder a algumas perguntas, o equipamento também pode dar conselhos sobre o estado de saúde dos animais. Já nos primeiros dias após o lançamento, a Takara vendeu todas as 30 mil unidades iniciais. O produto vem em duas cores e custa 14,8 mil ienes (122 dólares).

0215_cachorro_visao.jpgVisão perfeita
Desde 1997, a fabricante de lentes de contato Menicon Co. vem comercializando as lentes Meni-Wan Lnes, utilizadas em implantes para cachorros que são operados de catarata. Seu mais recente lançamento é o Meni-Wan Chiryo-yo, um modelo mais flexível e bastante similar aos produtos usados por seres humanos.

Yayoi WadaDeleite animal
Especial para animais de estimação, o salão de beleza Jennie’s oferece um verdadeiro pacote de serviços, capazes de relaxar o mais furioso dos bichos. Inclui banho com xampu, massagem, aromaterapia e máscaras de lama do Mar Morto, em 2 horas de puro deleite animal. O preço básico é de 10 mil ienes (82 dólares), e o salão atende, em média, cinco clientes por dia.

0215_cachorro_boa_vida.jpgBoa vida no Brasil
O cuidado especial com os pets não é privilégio somente dos japoneses. Existem tratamentos especiais também no Brasil. A consultora Samia Maluf adaptou os banhos de ofurô com sais essenciais para os clientes caninos.

Na loja By Samia Aromaterapia, localizada em São Paulo, são fabricadas banheiras cujas tinas foram remodeladas para abrigar pacientes poodles, yorkshires e basset hounds, entre outros.

0215_cachorro_lente_contato.jpgSamia explica que os cães reagem aos óleos da mesma maneira que os humanos, ou seja, eles também relaxam e se sentem melhor.

É a democratização das terapias alternativas! Além disso, o banho funciona como antibactericida.


Reportagem: Yayoi Wada, de Tokyo

 Créditos: Made in Japan

sinto-me:
música: Don't Worries de Simon Webbes
publicado por mímica às 18:13

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Bar em Tóquio fornece oxi...

. Crueldade na China

. Para ambientalistas, japo...

. Bom para cachorro

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Uma outra paragem

. NÃO ...

. Penteados em tempo de aul...

. Quem escreveu isto é um g...

. Amor vândalo

. O IDIOTA E A MOEDA

. Respostas Reais

. Historia de Portugal em p...

. Dia do nosso Nascimento

. Conversa entre Ministros

.links

.participar

. participe neste blog


Girly glitter comments from www.GirlyTags.com

Girly glitter comments from www.GirlyTags.com

.Adopção

Adotado no Evelyn's Place.com Adotado no Evelyn's Place.com Adotado no Evelyn's Place.com

.Vamos Ajudá-los

lays by verdinha lays by verdinha lays by verdinha lays by verdinha
Esta Terra que é a Nostra
Image Hosted by ImageShack.us
adopt your own virtual pet!

.subscrever feeds